Meditação do Dia
Terça, 29 de Julho de 2014
Expectativas

"À medida que compreendemos a nossa necessidade de sermos perdoados, tendemos a perdoar mais." Texto Básico, p. 45



O nosso comportamento com as outras pessoas nas nossas vidas reflecte o nosso comportamento connosco próprios. Quando exigimos perfeição a nós mesmos, acabamos por exigi-la também aos outros. À medida que nos esforçamos por reparar e sarar as nossas vidas em recuperação, podemos querer também que os outros se esforcem tanto quanto nós e recuperem ao mesmo ritmo que nós. E tal como por vezes não perdoamos os nossos próprios erros, poderemos também afastar os nossos amigos e familiares quando eles não vêm ao encontro das nossas expectativas. Trabalhar os passos ajuda-nos a compreender as nossas próprias limitações e a nossa humanidade. Acabamos por ver as nossas falhas como erros humanos. Compreendemos que nunca seremos perfeitos e que iremos, por vezes, desapontar-nos a nós próprios e a outros. Temos a esperança de sermos perdoados. À medida que lentamente aprendemos a aceitar-nos a nós próprios, podemos começar a aceitar os outros com o mesmo coração tolerante. Essas pessoas são também apenas humanas, tentando o seu melhor e por vezes não o conseguindo.


Só por hoje: Vou tratar os outros com a tolerância e a compaixão que procuro para mim próprio.

<< início <<


© Só por hoje - Meditações diárias para adictos em recuperação
ISBN 1-55776-426-3 Portuguese 2/03
Associação Portuguesa de Narcóticos Anónimos
Copyright (c) 2003, NA World Services, Inc. Reprinted by permission. All rights reserved